21/04/2018

SUBTERRÂNEOS EM TAVIRA

A existência de subterrâneos sempre despertou grandemente a curiosidades das pessoas , e daí criar-se o mistério da servidão desses caminhos ocultos.


Como o mistério é sempre difícil e muitas vezes impossível de desvendar , criaram-se LENDAS.
Lendas que se propagaram através de gerações, resistindo á lógica dos factos, á demonstração verídica e a tudo.

A acção destruidora do tempo, que tudo extingue , não destrói a lenda..

1- Galeria subterrânea entre CONVENTO SANTO ANTÓNIO e o CONVENTO DAS BERNARDAS .

2- CASTELO - CONVENTO DA GRAÇA - O Alto de Santa Maria era a praça antiga de Tavira.Então a vila limitava-se a dentro do seu recinto amuralhado.Desse largo , centro do burgo existiriam entradas para subterrâneos que irradiavam para vários sítios extramuros, obedecendo á estratégia do tempo para casos de fuga.Em todos os castelos havia subterrâneos por onde em caso de cerco , a guarnição fazia sortidas ou fugia sem ser pressentida.

3- ERMIDA DA NOSSA SENHORA DA PIEDADE- Frente á Ermida existia uma abertura por onde se descia a um desses subterrâneos que se continuava por baixo da praça , agora denominada da República.

4- TRAVESSA DO POÇINHO DOS MOUROS .- Num quintal da havia uma abertura saída ou entrada , de um desses caminhos ocultos, por onde se descia por alguns degraus de pedra, caminho que se dizia prolongar-se sob a rua do Mau-Fôro.

Hoje essa abertura é invisível por se ter construído uma casa por cima.
Certamente haverão outros que nunca foram descobertos .....



Rui Palmilha Amaro


FIRESHELTER52

20/04/2018

Curso de Chefe de Equipas de Incêndios Urbanos - Algarve

Decorreu durante esta semana na Unidade Local de Formação dos Bombeiros de Vila Real de Santo António uma formação da Escola Nacional de Bombeiros de Operações Essenciais de Extinção de Incêndios Urbanos e Industriais NII ( antiga designação Curso Chefe de Equipa).


A ação com o objetivo de preparar e formar bombeiros com competências técnico-operacionais para chefiar uma primeira intervenção em cenários de incidentes estruturais.
Foi frequentada por operacionais dos Bombeiros Municipais de Loulé, Monchique e Vila do Bispo, tendo como Formadores de Combate a Incêndios Urbanos e Industriais da Escola Nacional de Bombeiros os Formadores Pedro Dias(Loulé) e António águas (Monchique).

Esta ULF, a única na região, em funcionamento desde 2012 dispões de espaços de manobra que permitem a prática de exercícios destinados a simular incêndios em estruturas, permitindo aos bombeiros formandos terem a proximidade com a realidade que iriam encontrar numa situação real, tanto na execução em exercícios a nível da manobra como tácitos e de comando.
FIRESHELTER52

19/04/2018

Publicada a DON 2 - 2018 -DECIR

Diretiva Operacional Nacional n.º 2/2018 – Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais




Encontra-se disponível a Diretiva Operacional Nacional n.º 2/2018 – Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

O documento pode ser consultado aqui.

FIRESHELTER52

18/04/2018

Fim de Semana com Chuvas de Pó de Africa

Embora nos dias de hoje a Península Ibérica está sob a influência do anticiclone, com céu claro e ambiente acolhedor, uma nova mudança de clima está se formando...


A formação de uma pequena tempestade ao largo da costa de Marrocos nos próximos dias será responsável pelo bombeamento de uma grande massa de poeira saariana para a península neste fim de semana e início da próxima semana.

Embora a intensidade e a extensão final dessa nova entrada de poeira dependa dos movimentos da dita tempestade, já parece bastante claro, pela maioria dos modelos, que essa circunstância ocorrerá de frente para o trecho final da semana.

Portanto, podemos esperar céu nublado e nascer do sol e pôr do sol muito marcante em muitas áreas do país, devido a altas concentrações de poeira mineral jogados na península do norte da África.

/meteoiberia.es/

FIRESHELTER52

Santa Luzia - Barcos de Pesca na Doca Ficaram em Seco

A maré vazia teve um gradiente tão baixo que associado ao assoreamento vários barcos de pesca ficaram em seco durante a manhã de hoje.

Isto aconteceu na Ria em Santa Luzia Tavira

Não me recordo de tal situação anteriormente neste local

Veja as fotos: (clique nas imagens para aumentar)







FIRESHELTER52

17/04/2018

CETAC da ANPC em Tavira

CENTRO TÁCTICO DE COMANDO em Tavira

O Centro Tático de Comando (CETAC) define-se como um centro de comando avançado, caracterizado por uma forte componente tecnológica e por uma extrema versatilidade.


Dotado de total autonomia e idealizado com base num conceito modular, o CETAC reúne uma capacidade única e exclusiva a nível europeu na área da proteção e socorro para fazer face à ocorrência, ou à iminência de ocorrência, de acidentes graves ou catástrofes.

Vocacionado para a gestão e coordenação de eventos e ocorrências de elevada complexidade, longa duração ou grande dimensão, o centro poderá rapidamente ser movimentado e operacionalizado em qualquer ponto do território nacional continental, proporcionando a adequada capacidade de Comando, Controlo e Comunicações (C3).

A sua configuração máxima compreende 7 veículos e 9 tendas, podendo acomodar até 90 postos de trabalho e ser instalado em 90 minutos.

O carácter modular permite, no entanto, que a sua configuração e as capacidades disponíveis sejam dimensionadas e adaptadas em função da natureza e características de determinada operação de proteção civil.

Desenhado para dar resposta às necessidades da organização institucional e operacional do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro e pensado para funcionar em alternativa ao normal local de operação do Comando Nacional de Operações de Socorro, o CETAC permite integrar representantes e oficiais de ligação das forças e serviços que normalmente colaboram com a ANPC: Forças Armadas, Forças de Segurança, Serviços de Saúde, entre outras entidades com especial dever de colaboração.

Esteve instalado no Parque Industrial de Tavira e foi desde lá que a ANPC e todos os seus intervenientes coordenaram as operações ao exercício FENIX18.












Coligido do Facebook Cmdt Richard Marques

FIRESHELTER52

FENIX18 - Exercicio NRBQ em Tavira

Intervenção NRBQ

Bombeiros Municipais de Tavira
Equipa ERAS da PSP
NRBQ Exército Português

2º cmdt Bombeiros de Portimão.







Coligido do facebook cmdt Richard Marques

FIRESHELTER52

Previsão - Tempo vais Mudar... e Muito!

A partir de Sábado dia 21 temos uma depressão em altura (cutoff) que se vai situar junto ao Continente, vai provocar um agravar do estado do tempo nomeadamente com a ocorrência de aguaceiros e trovoadas, podem ser localmente muito fortes, possibilidade de queda de granizo ou saraiva.


Existe a possibilidade de se poderem formar de forma muito localizada tornados, ou correntes fortes descendentes (Downburst), que pode ser confundido com tornados e ainda trombas de água (tornado na água) 

Estas condições de forte instabilidade vai se prolongar desde Sexta dia 20 ao final do dia até pelo menos Quarta Feira dia 25, os locais mais propícios a ocorrerem estes fenómenos são o Interior de Norte a Sul, mas podendo ocorrer em qualquer outro local do Continente. 

Risco ainda para cheias rápidas e quedas de árvores ou outras estruturas, quando da passagem de alguma célula mais forte. 

As temperaturas vão se manter amenas em tordo o Continente sendo mais altas no Norte e Centro entre os 20ºC e os 27ºC.

PS: 
Estas condições de tempo mais severo localizado é completamente impossível saber onde podem ocorrer, sendo apenas possível dizer que é mais provável nas regiões mais Interiores e região Sul, não podendo se descartar outros locais.

É caso para se dizer não se deixem enganar pelo sol (abertas) e algum calor, a qualquer momento no período referido pode ser interrompido com uma forte chuvada e trovoada.


FIRESHELTER52

INEM contrata 100 novos Técnicos

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, preside amanhã à sessão de boas-vindas a 100 novos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (TEPH), profissionais que ingressam no INEM através de concurso. 


O INEM passa a contar um total de 1.025 trabalhadores da carreira especial de TEPH.

Os TEPH atuam no âmbito da emergência médica pré-hospitalar e são profissionais de saúde fundamentais da rede de emergência médica nacional já que a sua ação pode ser determinante para a sobrevivência de vítimas de doença súbita ou de trauma.
A atividade do TEPH inclui o exercício de funções nos Centros de Orientação de Doentes Urgentes e o transporte assistido de doentes urgentes e/ou emergentes.

Aos novos TEPH competirá assim, entre outras funções:

o atendimento das chamadas recebidas nos CODU, respetiva triagem e aconselhamento telefónico, bem como o acionamento, acompanhamento e gestão dos meios de emergência médica, de acordo com os protocolos definidos e sob supervisão de um médico coordenador;

a atuação em situações de emergência pré-hospitalar, aplicando os cuidados de emergência necessários à preservação da vida humana, da qualidade de vida e diminuição do sofrimento, no âmbito das suas qualificações;

o cumprimento de protocolos de atuação de decisão médica com base na formação profissional adquirida.

Estes 100 novos profissionais vão reforçar o funcionamento dos Centros de Orientação de Doentes Urgentes e os meios de emergência do Instituto, e serão colocados nas áreas de atuação das respetivas delegações regionais do INEM, assim distribuídos: Norte (8), Centro (8), Sul – Lisboa (64) e Algarve (20).

A sessão de boas-vindas aos novos trabalhadores decorre amanhã, dia 17 de abril, entre as 10h e as 12h, na sede do INEM em Lisboa. É presidida pelo Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo.

http://www.inem.pt

FIRESHELTER52

Eng. MIlitar - Ponte Nova no Gilão










FIRESHELTER52

FENIX18 Simulam Incêndio Urbano com Vitimas

Um incidente estrutural de grande gravidade acompanhado de um violento incêndio com seis vitimas no Posto Agrário em Tavira foi o cenário de uma intervenção musculada de diversas forças de resposta.


Esta ação esteve envolvida na FENIX18 exercício que visou testar a resposta a um cenário de sismo de magnitude 7.0 na escala de Richter, com epicentro na falha de Santo Estevão" (Tavira).

Bombeiros Municipais de Tavira, Vila Real de Santo António, Cruz Vermelha Portuguesa, Exército e INEM responderam a este evento.

Uma junção em concertação de equipas de comando da ANPC, Bombeiros, Exercito acompanhadas de meios de reconhecimento e avaliação de situação garantiram a melhor resposta ao cenário.

O incêndio foi extinto, 4 vitimas retiradas pelos Bombeiros Municipais do interior da habitação a arder, assistidos e triados no exterior.

Médicos do Exercito e ambulâncias deram continuidade ao trabalho desenvolvido pelas equipas de manobra.

Ficam algumas imagens do incidente:











FIRESHELTER52